ECONOMIA

Preço da cesta básica no Grande Recife cai pelo segundo mês seguido

Levantamento do Procon Pernambuco apontou queda no valos de itens da cesta básica

Preço da cesta básica no Grande Recife cai pelo segundo mês seguido

A pesquisa realizada pelo Procon Pernambuco demonstrou que houve uma queda de 1,45%. - Foto: Divulgação

O preço dos itens da cesta básica na Região Metropolitana do Recife caíram pelo segundo mês seguido. É o que aponta o resultado de uma pesquisa feita pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-PE).

A pesquisa realizada pelo Procon Pernambuco demonstrou que houve uma queda de 1,45%. A cesta passou de R$ 450,60, no mês de julho, para R$ 444,06, em agosto. Dos 27 itens pesquisados 12 produtos caíram de preço. O que apresentou a maior queda foi o alho, 55,25 %. O quilo do produto passou de R$ 27,79 para R$ 17,90. A cesta básica tem um impacto de 42,49% no salário mínimo.

>>>Preço da cesta básica cai na Região Metropolitana do Recife, aponta estudo

Assista na reportagem

Dos produtos analisados, entre os meses de agosto e julho, foi visto que o quilo da batata também teve o preço reduzido. O tubérculo passou de R$ 2,99 para R$ 1,99, uma queda de 50,25%. Já no setor de limpeza a água sanitária apresentou a maior queda, 23,85%. O litro passou de R$ 1,35 para R$ 1,09.

O levantamento feito pelo órgão de defesa do consumidor passou por 20 estabelecimentos dos municípios de Recife, Olinda, Paulista, Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. O documento mostra que de um estabelecimento para outro, a diferença percentual pode chegar até 321,61%. É o caso da batata inglesa. Em um supermercado o quilo pode chegar a R$ 8,39 e em outro, a R$ 1,99.

Na área de higiene e limpeza, o sabão em pó de 500 gramas é o que apresenta maior diferença de preço. Ele pode ser encontrado por R$ 1,05 e R$ 3,85, uma diferença de 266,67%. O pacote de papel higiênico, com quatro unidades, varia entre R$ 1,89 e R$ 6,94, uma diferença de 267,20%.

Pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 01 e 04 de agosto. O levantamento toma como base a cesta básica mensal para uma família composta por quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças. O diferencial da pesquisa do órgão de defesa do consumidor, em relação as que são realizadas por outros institutos, é que neste levantamento é possível identificar o preço de cada item por estabelecimento, desse modo fornece ao consumidor os locais e endereços onde o produto encontra-se mais acessível. A pesquisa pode ser encontrada no site do Procon: www.procon.pe.gov.br

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.