OPERAçãO

Operação mira suspeitos de peculato e lavagem de dinheiro e cumpre mandados no Recife e em Toritama

Os alvos foram empresários e agentes públicos

Operação mira suspeitos de peculato e lavagem de dinheiro e cumpre mandados no Recife e em Toritama

Cerca de 40 policiais civis participaram da operação. Eles recolheram documentos, computadores, um cofre e dinheiro em espécie - Foto: WELINGTON LIMA/TV Jornal

O Departamento de Repressão á Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), cumpriu 9 mandados de busca e apreensão na Região Metropolitana do Recife e na cidade de Toritama, Agreste do Estado. Os alvos são empresários e agentes públicos suspeitos de peculato, o que é o uso indevido do dinheiro público, e lavagem de dinheiro. A ação policial aconteceu em quatro empresas e cinco endereços domiciliares.

Além disso, um dos alvos da operação seria uma empresa que forneceu merenda para a prefeitura do Paulista entre 2013 e 2015. O atual secretário de finanças e um ex-secretário também estariam sendo investigados.

Recolhimento

Cerca de 40 policiais civis participaram da operação. Eles recolheram documentos, computadores, um cofre e dinheiro em espécie.

Operação 

A operação é um desdobramento da Operação Locatário que aconteceu no mês de julho, em cinco cidades. O principal alvo foi o prefeito do Paulista, Junior Matuto, que chegou a ser afastado do cargo por alguns dias. De acordo com a polícia, ele seria suspeito de participar de um esquema criminoso na prefeitura do Paulista.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.