SÉRIE ESPECIAL

Viagem para a China: tecnologia de ponta que encanta o mundo

Drone é utilizado em delivery no país, que também avança na produção de remédios para tratamento de câncer

Viagem para a China: tecnologia de ponta que encanta o mundo

O drone consegue suportar uma carga de até 30kg - Foto: Reprodução/TV Jornal

Drones para entregar alimentos pedidos por aplicativos, óculos especiais que permitem conhecer paisagens distantes sem sair do lugar e produção de remédios para tratamento de câncer a partir do mapeamento genético do paciente.

>>>Viagem para a China: conheça pontos turísticos, culinária típica e costumes do país

>>>Viagem para a China: educação básica no país é a melhor do mundo

>>>Viagem para a China: A relação dos chineses com a língua portuguesa e com o Brasil

Parece história de filme de ficção, mas, na China, tudo isso já é realidade. É o que vamos ver na quarta reportagem da série especial.

Assista 

Tecnologia na saúde

Há quatro anos, Gabriela Lopes luta contra um câncer de mama. Ainda durante o tratamento, recebeu o diagnóstico de um tumor no pulmão.

A solução para o problema de Gabriela e de milhares de pacientes que correm contra o tempo nos tratamentos da doença pode sair de uma empresa, na cidade de Heimen, na China. Por lá, a tecnologia trabalha a favor da saúde.O laboratório produz medicamentos personalizado para o tratamento contra o câncer, usando mapeamento genético dos pacientes.

O laboratório tem capacidade pra fazer até 15 mil exames por mês. eles podem ser feitos também pra quem não está doente, como forma de prevenção. os resultados mostram se há chance de desenvolvimento de câncer pelos próximos cinco anos.

A análise feita pelos profissionais faz os médicos encontrarem soluções mais rápidas. Cada medicamento feito pela empresa custa em torno dos seis mil reais. A ceo da empresa afirma que, em três anos, o preço deve cair e esse tipo de técnica pode entrar no mercado brasileiro com um valor razoável.

Drone

O drone pode levar produtos para regiões de difícil acesso, ou ser usado no serviço de entrega de alimentos. O equipamento suporta até 30 quilos e voa num raio de 30 quilômetros. Sem trânsito, o café pedido no aplicativo de celular chega ainda quentinho. O que antes era imaginação, já é realidade e a realidade por aqui pode ser virtual. Imagens gravadas por câmeras nos fazem viajar, sem sair do lugar.

Essa tecnologia é muito conhecida entre as pessoas que gostam dos videogames. Mas na China, eles desenvolvem outras formas de usar essas imagens. Em outro laboaratório, 45 câmeras são usadas para gravar cenas que poderão ser vistas em 3 dimensões, sem o uso de óculos especiais.

O que a tecnologia chinesa já tornou realidade pode até parecer ainda muito distante, mas tudo o que é produzido por lá não é pensado apenas para eles, mas para ganhar o mundo inteiro.

>>>TV Jornal Meio-Dia passa a exibir reportagens especiais da China nesta sexta-feira (7)

Série especial

Em viagem ao país mais populoso do mundo em 2019, o apresentador Leandro Oliveira e a cinegrafista Luisi Marques conheceram as curiosidades e belezas de cinco cidades da China e, agora, chegou a hora de compartilhar todas as experiências com você, telespectador. As gravações foram feitas no ano passado, antes do surgimento do novo coronavírus (covid-19). Ao todo, cinco reportagens especiais vão ser exibidas sempre às sextas-feiras, no TV Jornal Meio-Dia.

Parceria

A produção da série de reportagens é uma parceria da TV Jornal, da Associação da Imprensa de Pernambuco e do Consulado da China no Estado. Na semana que você vai conhecer um pouco sobre a educação na China.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.