PRAIA

Feriadão: fiscalização do comércio de areia é intensificada na praia de Boa Viagem

Nesta sexta-feira (4), muita gente já começou a aproveitar para ir à praia

Feriadão: fiscalização do comércio de areia é intensificada na praia de Boa Viagem

Agentes da prefeitura do Recife entregam panfletos, tiram dúvidas e realizam fiscalização - Foto: Reprodução/TV Jornal

O final de semana do feriadão da Independência vai ser o primeiro após a liberação do comércio na areia das praias do Recife. Por isso, a fiscalização vai ser intensificada para que os protocolos de higiene e segurança sejam cumpridos.

>>>Comércio na praia é liberado com restrições nesta segunda (31)

>>>Protocolo: Saiba como vai funcionar o retorno dos barraqueiros à praia em Pernambuco

Nesta sexta-feira (4), muita gente já começou a aproveitar a praia em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. A estudante Priscila Teixeira foi com as amigas para a praia, e gostou da segurança na área.

Os barraqueiros voltaram a trabalhar na última segunda-feira (31) e, desde então, estão procurando seguir todos os protocolos de segurança exigidos. O trabalho dos 1.165 barraqueiros e ambulantes cadastrados pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano estão sendo acompanhados diariamente por uma equipe de vistoria composta por varios órgaos. A partir de amanhã, a vistoria será reforçada e mais de 150 profissionais vão estar atuando nos 8km da orla

 

Respeito às regras

Segundo a secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Ana Paula Vilaça, todas as regras deverão ser respeitadas, ou o barraqueiro pode até perder a licença.

>> "Meus netos me perguntam se tem almoço, vou na cozinha e choro", desabafa comerciante em protesto

Os frequentadores da orla também terão que fazer a parte deles e isso inclui o uso da máscara. Por isso, serão distribuídas mais de mil máscaras, ao longo da orla.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.