COALIZÃO

Operação visa a desarticular grupo que pratica fraudes em licitações

O objetivo da operação é identificar integrantes e desarticular associação criminosa

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 04/09/2020 às 10:31
Day Santos/JC Imagem
FOTO: Day Santos/JC Imagem
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, na manhã desta sexta-feira (4), a 43ª Operação de Repressão Qualificada no ano, denominada de “Coalizão”.

A investigação é vinculada à Diretoria Integrada Especializada (DIRESP) e foi iniciada em dezembro de 2019. Seu objetivo é identificar integrantes e desarticular associação criminosa voltada à prática do crime de Fraude à Licitação.

>> PRF intensifica fiscalização nas rodovias federais durante feriado de Independência

Mandados

Estão sendo cumpridos 23 mandados de busca e apreensão domiciliar, todos expedidos pela Vara Única da Comarca de Feira Nova.

Execução

Na execução, estão sendo empregados 130 (cento e trinta) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães.

Investigações

A operação está sob a presidência da Delegada Isabela Veras Porpino, Adjunta da 2a Delegacia de Combate à Corrupção, 2a DECCOR, integrante do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO).

Já as investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL).

Detalhes

Os detalhes da operação serão divulgados pela Assessoria de Comunicação da Polícia Civil, ainda nesta sexta (4), por volta das 11h, em entrevista coletiva com a delegada Isabela Veras Porpino.

+VÍDEOS