PREVIDÊNCIA SOCIAL

Perícias médicas seguem suspensas nas agências do INSS

Até que as adequações sejam feitas nas agências do INSS, o serviço seguirá suspenso para garantir a segurança das pessoas no combate ao novo coronavírus

Perícias médicas seguem suspensas nas agências do INSS

Agências do INSS irão retomar atendimento de forma gradual - Foto: Agência Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que as perícias médicas estão suspensas, até que adequações sejam feitas das agências da Previdência, para garantir a segurança dos peritos e beneficiários contra riscos de infecção pelo novo coronavírus (covid-19).

Nessa segunda (14), diversas unidades retomaram o atendimento presencial, suspenso em março, em razão da pandemia.

 

>> Agências do INSS retomam atendimento presencial nesta segunda (14)

>> Apenas segurados agendados serão atendidos nas agências do INSS

 

No entanto, os médicos peritos decidiram não retomar as atividades, por falta de segurança, e todas as perícias médicas agendadas foram suspensas. De acordo o INSS, novas inspeções serão feitas, nesta quarta-feira (16) para viabilizar o rápido retorno dos peritos.

De acordo com a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais, durante vistorias nas agências, na semana passada, ficou constatado que, das mais de 800 unidades que oferecem perícia pelo Brasil, apenas 12 tinham estrutura para retorno seguro, neste período de pandemia.

“Abrir apenas estas agências e manter fechadas as demais é inviável, do ponto de vista gerencial e operacional, e causaria potencial caos nas cidades, devido a riscos de sobrecarga de demanda”, explicou, em comunicado.

Peritos

Os peritos continuam em trabalho remoto, atendendo a pedidos de antecipação e demais solicitações que já vêm sendo feitas, ao longo da pandemia.

Mesmo sem o serviço de perícia, segundo o INSS, a retomada gradual inclui a avaliação social, cumprimento de exigências, reabilitação profissional e justificação administrativa.

Todos esses serviços devem ser agendados com antecedência, pelos canais remotos. “Segurados não agendados não serão atendidos, a fim de evitar aglomerações, conforme determinações do Ministério da Saúde”, destacou o INSS.

Acesso

O segurado deve acessar o portal covid.inss.gov.br para saber qual agência está aberta e se já oferece a perícia. Caso positivo, é necessário fazer a remarcação pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Nota na íntegra

Considerando que a Perícia Médica Federal não retomou as atividades em todo território brasileiro, encaminho trecho a respeito do assunto, retirado do release nacional sobre a reabertura das agências, atualizado pelo INSS na última segunda-feira (14).

Perícia Médica Federal

A Perícia Médica Federal, ligada à Secretária Especial de Previdência e Trabalho, demandou adequações nas salas de perícias das agências do INSS para retornar à atividade presencial, após inspeção realizada entre os dias 8 e 9 de setembro. Por isso, é preciso informar, o INSS começou desde quinta-feira (10/09) a cumprir este compromisso de fazer as adequações o mais célere possível, para que o serviço possa ser oferecido à população.

A partir desta segunda-feira (14/09), as inspeções nas agências serão feitas em conjunto, entre o INSS e a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. Comprovando-se a adequação dos consultórios, a perícia retomará o atendimento nessas unidades.

Destacamos que, o segurado que tinha agendamento para avaliação pericial, deve desconsiderar e proceder com a remarcação pelo Meu INSS e telefone 135.

Vale destacar que, para qualquer um destes serviços, o segurado deve realizar o agendamento pelo Meu INSS (gov.br/meuinss, site e aplicativo) ou pelo telefone 135. Segurados sem agendamento não serão atendidos nas agências, para evitar aglomerações, conforme determinações do Ministério da Saúde.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.