TRATAMENTO

Homem de 280kg inicia tratamento no Hospital das Clínicas, no Recife

José Antônio Amorim está internado na unidade desde o dia 23 de setembro. Ele pode passar por uma cirurgia bariátrica para perder peso

Homem de 280kg inicia tratamento no Hospital das Clínicas, no Recife

José Antônio Amorim foi internado na unidade desde o dia 23 de setembro - Foto: Divulgação/Hospital das Clínicas

O catador de recicláveis José Antônio de Amorim, de 51 anos, que pesa 280kg e tem complicações provocadas pela obesidade, começou o tratamento no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, no Recife. Ele está internado na enfermaria da unidade de saúde desde o dia 23 de setembro. 

Na ocasião, o paciente deu entrada no hospital com uma inflamação grave nas das pernas, provocada por um problema de circulação. Segundo a equipe médica, tudo pode ter sido provocado pela obesidade morbida. O catador vinha sendo tratado pela irmã, mas deveria estar num hospital há muito tempo. 

 

Cirurgia

No hospital, ele também deve receber um tratamento para a obedidade morbida, assim que o problema das pernas for resolvido. Ele pode passar por uma cirurgia bariátrica para perder peso.

Hospital

O hospital já tem experiência no tratamento de super obesos. O jovem Carlinhos, que na época tinha 420 kg, é um exemplo disso. O rapaz deu entrada no hospital em julho de 2015 e passou seis meses em tratamento. Hoje já vive em condições muito melhores.

Atendimento recusado e muita dificuldade

José Antônio Amorim teve o atendimento médico negado, na noite dessa terça-feira (22), no Hospital Getúlio Vargas (HGV), que fica no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. Ele chegou ao local em uma ambulância, que saiu de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do Estado, para o hospital. Homens do Corpo de Bombeiros foram acionados para ajudar na remoção do paciente. 

Devido aos problemas de circulação, o homem precisava ser internado na unidade de saúde. A ambulância chegou, por volta das 20h, mas, segundo a equipe que acompanhava o paciente, o hospital não o recebeu.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.