EDUCAÇÃO

Vigilância Sanitária do Recife inicia fiscalização nas escolas da rede particular para verificar cumprimento de protocolo

Ao todo, só na Região Metropolitana do Recife, 400 escolas de ensino médio devem ser vistoriadas


Vigilância Sanitária do Recife inicia fiscalização nas escolas da rede particular para verificar cumprimento de protocolo

Ao todo, só na Região Metropolitana do Recife, 400 escolas de ensino médio devem ser vistoriadas - Foto: Day Santos/TV Jornal

A Vigilância Sanitária do Recife começou, nesta terça-feira (6) a fiscalização nas escolas da rede particular da cidade para verificar o cumprimento dos protocolos de higiene e segurança definidos para a retomada das aulas presenciais. Ao todo, só na Região Metropolitana do Recife, 400 escolas de ensino médio devem ser vistoriadas.

Em um colégio particular no bairro do Rosarinho, na Zona Norte, equipes da vigilância realizaram uma vistoria em toda estrutura do espaço. Na ocasião, foram observados itens essenciais de segurança e higiene tanto para funcionários quanto para os alunos.

>>Cerca de 10 mil estudantes da rede particular ficam sem aula presencial por tempo indeterminado

De acordo com o órgão de saúde, a vistoria faz parte do protocolo setorial de Educação para a retomada das atividades presenciais.

Alerta

A gerente de fiscalização, Daniele Feitosa, também alerta para a importância da obrigatoriedade dos protocolos e afirma que em casos de descumprimento dos itens as instituições podem ter as atividades suspensas.

Cronograma das aulas

O Governo de Pernambuco anunciou as datas de retorno das aulas presenciais, começando com os estudantes que estão no 3º ano do ensino médio, a partir do dia 06 de outubro, do 2º ano para o dia 12 de outubro e 1º ano no dia 20 de outubro. As aulas presenciais para as crianças seguem proibidas. Com isso, os alunos continuam com aulas de forma online, pela internet. 

De acordo com o secretário de educação de Pernambuco, Fred Amancio, o retorno é opcional, ou seja, os pais decidem se vão deixar seus filhos, menores de idade, retornar às aulas presenciais. A volta das aulas já estava autorizada para o ensino superior e cursos técnicos, com protocolos de segurança contra o novo coronavírus.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.