CASO DE POLíCIA

Mulher trans é assassinada com vários tiros dentro do salão em que trabalhava na Zona Norte

A polícia não descarta a possibilidade de que Adriana tenha sido vítima de uma execução

Mulher trans é assassinada com vários tiros dentro do salão em que trabalhava na Zona Norte

A polícia não descarta a possibilidade de que Adriana tenha sido vítima de uma execução - Foto: Cortesia

Uma mulher trans identificada por Adriana Paris, mais conhecida como Adrianinha, d 42 anos, foi assassinada com vários tiros dentro do salão de beleza em que trabalhava nessa quarta-feira (7), em Dois Unidos na Zona Norte do Recife.

De acordo com a polícia, minutos antes do crime Adriana estava sentada na calçada da casa com uma sobrinha de 4 anos. Os suspeitos teriam obrigada a vítima a deixar a criança com os parentes e em seguida mandaram ela entrar no salão. Após o crime os dois homens fugiram.

>>Mulher é morta com vários tiros quando voltava para casa na Zona Oeste do Recife

>>Mulher sai para visitar avó e é encontrada morta quase um mês depois em Paulista

>>Mulher é morta com cerca de 15 tiros dentro de casa no Cabo

O crime chocou os moradores do bairro. O salão era próprio há mais de dez anos. E, segundo os vizinhos, Adriana era bem quista no bairro e costumava fazer amizades.

Execução 

A polícia não descarta a possibilidade de que Adriana tenha sido vítima de uma execução.

Sepultamento

O sepultamento de Adriana vai acontecer na tarde desta quinta (8), no Cemitério de Santo Amaro.

Investigação

O crime está sendo investigado pela 5º delegacia de homicídios.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.