DENúNCIA

Acompanhantes de pacientes denunciam falta de médicos e de medidas de prevenção à covid-19 no Hospital Otávio de Freitas

Acompanhantes gravaram vários vídeos mostrando a situação precária da unidade

Acompanhantes de pacientes denunciam falta de médicos e de medidas de prevenção à covid-19 no Hospital Otávio de Freitas

Acompanhantes gravaram vários vídeos mostrando a situação precária da unidade - Foto: Day Santos/TV Jornal

Em meio a pandemia, acompanhantes de pacientes do Hospital Otávio de Freitas, no bairro de Tejipió, denunciam a falta de médicos e de medidas de prevenção à covid-19. Segundo eles, o medo é que os doentes sejam contaminados pelo vírus.

>>Denúncia de falta de higiene no Hospital Otávio de Freitas e flagra de ratos e gato nos corredores

>>Vídeo: Pacientes e acompanhantes denunciam superlotação no Hospital Otávio de Freitas

Em um vídeo feito por familiares, fica claro que não há distanciamento entre os doentes. Alguns acompanhantes precisam ficar sentados no chão. Uma senhora que não quis se identificar contou à equipe de reportagem que está com um parente internado há quase uma semana. Ela teme que ele pegue outras doenças por conta da aglomeração.

Superlotação

Em um outro vídeo mostra a superlotação nos corredores do hospital. As macas lotadas de pacientes dividem espaço com quem precisa passar pelo corredor.

Falta de médicos

Além dos problemas de estrutura, uma mulher, que também não quis se identificar, reclamou da falta de ortopedistas na unidade. Ela contou que o filho dela está com o braço imobilizado desde agosto e deveria ser reavaliado neste mês. Mas, segundo ela, o médico está de férias e só vai atender a criança no final de dezembro.

Nota do hospital

Em nota, a direção do Hospital Otávio de Freitas informa que todo paciente admitido na unidade, com qualquer sintoma gripal, é encaminhado para uma área específica, isolada dos demais pacientes. Diz ainda que também orienta profissionais, pacientes e acompanhantes sobre o uso de máscaras, higiene das mãos e distanciamento físico. Já sobre a falta de ortopedista, a direção disse que conta com uma equipe de ortopedia reforçada para atender as demandas de rotina.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.