ELEIçõES 2020

2º turno: Antonio Lavareda comenta pontuação dos candidatos a prefeito do Recife

Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB) disputam o 2º turno para a Prefeitura do Recife

2º turno: Antonio Lavareda comenta pontuação dos candidatos a prefeito do Recife

Antônio Lavareda - Foto: Reprodução/Rádio Jornal Caruaru

O cientista político, Antonio Lavareda, comentou sobre a pontuação dos candidatos João Campos, do PSB, e Marília Arraes, PT, na pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), encomendada pelo Jornal do Commercio e pela TV Globo, com os percentuais de intenção de voto para o segundo turno das eleições para a Prefeitura do Recife. Confira o comentário no vídeo abaixo.

>>2º turno: Pesquisa do Ibope traz intenções de voto para a Prefeitura do Recife

 

 

Percentuais

  • Marília Arraes, do PT, aparece com 45% das intenções de voto. Com a margem de erro, ela pode ter entre 42 e 48%.
  • Já João Campos, do PSB, aparece com 39% das intenções de voto. Com a margem de erro, pode ter entre 36 e 42%.
  • Votos brancos e nulos foram 15%.
  • 1% não soube ou preferiu não opinar.

Participaram da pesquisa 1.001 eleitores, que foram ouvidos, no Recife, entre os dias 16 e 18 de novembro. A pesquisa tem uma margem de erro de 3%, para mais ou para menos. Ela foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE).

Debates

Os candidatos João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) vão se encontrar em dois debates promovidos pelo Sistema Jornal do Commércio de Comunicação (SJCC). A escolha do novo prefeito(a) do Recife será decidida em segundo turno.

Rádio Jornal

Nesta quinta-feira (19), eles discutiram as propostas para o Recife na Rádio Jornal. O debate teve o objetivo de promover um confronto de ideias e propostas para ajudar o eleitor, na decisão do voto.

"Nossa tradição de promover debates e contribuir com a democracia é reforçada, nesta eleição. Estamos fazendo uma cobertura integrada, com todos os veículos do SJCC, e mostramos nossa força, no sentido de trazer à luz as discussões importantes para as cidades. No caso do debate da Rádio Jornal, a gente espera que o ouvinte, que garante a nossa liderança absoluta há tantos anos, e mesmo os que ainda não têm o hábito de nos escutar, possam ter a chance de ouvir o que os candidatos têm a dizer, quais são suas propostas para comandar a cidade, a partir do ano que vem, por meio de um confronto cara a cara", pontua Mônica Carvalho, diretora de Jornalismo da TV e Rádio Jornal.

Geraldo Freire concorda com essa análise. "Tenho certeza de que a Rádio Jornal vai tomar conta da cidade. Serão só dois candidatos debatendo, em um programa de cinco blocos. Vai ser mais um show de transmissão da nossa emissora", comenta o Comunicador da Maioria.

TV Jornal

No dia 24, próxima terça-feira, João e Marília participam do debate da TV Jornal, a partir das 11h. Os preparativos já começaram para Leandro Oliveira, que vai mediar o encontro.

"Agora, o placar zera e começa uma nova eleição. A organização é mais simples, com apenas dois candidatos, mas a mediação é de uma responsabilidade igual ou até maior. Para garantir o equilíbrio entre as duas partes e a clareza para o eleitor, para o telespectador, que pode decidir o voto, a partir do que os candidatos vão estar discutindo, no debate promovido pela TV Jornal e o SJCC. Seguimos dedicados a essa produção e com a expectativa de cumprir de novo a nossa missão, que é levar ao eleitor a chance de se informar melhor", analisa o jornalista.

"Fomos pioneiros em fazer o único debate em TV aberta do Recife. Tivemos recordes de audiência em todas as plataformas. A ideia agora é colocá-los frente a frente, no confronto direto, para que o telespectador, o eleitor, possa ver com atenção e melhor decidir o seu voto", resume Mônica.

Estrutura

Tanto na Rádio quanto na TV, os debates terão cinco blocos.

  • No primeiro, eles se apresentam ao público e falam por que querem ocupar a Prefeitura.
  • No segundo e no terceiro blocos, fazem perguntas diretamente entre si, algumas com temas livres e outras com temas definidos, que serão sorteados na hora, pelo mediador.
  • No quarto bloco, os candidatos vão responder as questões trazidas pelos jornalistas do SJCC.
  • No quinto bloco, eles fazem suas considerações finais.

A transmissão dos debates se estende ao meio digital, alcançando os sites oficiais, perfis no Facebook e canais do YouTube de todos os veículos que compõem o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC).

Nos intervalos, mais conteúdo exclusivo: jornalistas da editoria de Política do Jornal do Commercio vão comentar o desempenho de João e de Marília e a repercussão dos dois, nas redes sociais. A ferramenta CrowdTangle, do Facebook, serve de apoio a esta iniciativa, que o SJCC repete, nesta reta final.

Prevenção

Nos dois eventos, tanto os candidatos quanto suas equipes e os funcionários do SJCC envolvidos na realização vão respeitar os protocolos sanitários impostos pela pandemia do novo coronavírus. Entre as regras, estão a aferição de temperatura, na chegada ao SJCC, o uso de máscara obrigatório, durante o deslocamento dentro da emissora - à exceção dos candidatos, que poderão retirá-las na hora de fazer e responder perguntas - e a limpeza das mãos, com álcool 70%, à disposição em borrifadores, na empresa.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.