ELEIçõES 2020

Conheça a história do índio, da tribo Xukuru, eleito prefeito de Pesqueira

Cacique Marcos Luidson de Araújo, de 42 anos, foi o primeiro índio eleito em uma eleição municipal na cidade de Pesqueira. Apesar de eleito, a posse do cacique ainda depende de uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral

Conheça a história do índio, da tribo Xukuru, eleito prefeito de Pesqueira

Cacique Marcos Luidson de Araújo, primeiro índio eleito em uma eleição municipal na cidade de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

A figura do índio no imaginário brasileiro pode ser a de um indivíduo com cocar, pintura no corpo e arco e flecha. Mas a representação indígena vai além disso. Com uma bagagem histórico-cultural, os índios fazem parte da construção de diversas cidades brasileiras. Entre elas, Pesqueira, no Agreste de Pernambuco.

Lado a lado com a história da cidade, que hoje conta com uma população estimada em 68 mil habitantes, está a da Tribo Xukuru, que significa respeito do índio com a natureza, e tem como Cacique Marcos Luidson de Araújo, primeiro índio eleito em uma eleição municipal na cidade.

Agora com 42 anos, o conhecido Cacique Marcos de Xukuru é filho do Cacique Xikão, assassinado em maio de 1998, por causa de perseguição e problemas em relação a posse de terra. Desde a morte do pai, ele tomou a frente das lutas indígenas e em defesa dos direitos humanos. Por meio disso conseguiu 17.655 votos nas eleições municipais deste ano, pelo partido republicanos. Um feito de orgulho para ele.

"Eu assumi a liderança muito jovem, tinha apenas 21 anos, logo após o assassinato do meu pai. De lá para cá me dediquei ao projeto de vida do povo Xucuru, dando uma estabilidade na minha liderança e um reconhecimento até internacional na defesa dos direitos humanos", destacou prefeito eleito.

Tribo Xukuru

Ao todo, a Tribo Xucuru conta com 24 aldeias localizadas na área rural da cidade de pesqueira. Na Aldeia Pedra D’água, que fica há 6 quilômetros do centro da cidade, são realizados rituais de conexão ao sagrado, além de assembleias e de debates políticos.

Atualmente, são mais de 20 mil auto-declarados índios da Tribo Xukuru. Uns residem na cidade e outros nas aldeias. Para a comunidade indígena, a representatividade política, proveniente da eleição do Cacique Marcos, representa uma quebra de paradigmas e o preconceito enraizado na sociedade contra os índios. É nisso que acredita o professor e índio da tribo xukuru, David Araújo.

"É importante para mostrar a capacidade que o indígena tem e quebrar com esses preconceitos, esses paradigmas, que a sociedade não indígena acha do índio. Há muito preconceito em relação aos indígenas e dessa forma a gente mostra que também tem capacidade de gerir esses espaços", destacou.

Homologação

Em Pesqueira, a homologação do resultado depende da justiça. O Cacique Marcos teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral.

O Ministério Público Eleitoral propôs uma ação de impugnação de registro de sua candidatura, após ter sido constatado que o candidato do republicanos já foi condenado em um processo, pela prática de crime contra o patrimônio privado a uma pena de 10 anos, 4 meses e 13 dias, além de multa.

A decisão judicial foi transitada em julgado no dia 27 de fevereiro de 2015. No entanto, de acordo com o próprio cacique, os advogados da campanha recorreram ao TSE.

Brasil

No Brasil, cerca de 818 mil pessoas são autodeclaradas indígenas. 256 povos, com mais de 150 línguas diferentes. Pessoas que estão tendo mais visibilidade na política nacional. Isso porque, no país todo, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, nas eleições deste ano, houve um aumento de quase 90% de candidaturas indígenas. Foram 2.111 candidatos indígenas, enquanto que em 2016 esse número era de 1.175.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.