PROTESTO

Familiares e amigos do PM da Rádio Patrulha protestam no Recife

Eles cobram justiça e agilidade das autoridades sobre o caso

Familiares e amigos do PM da Rádio Patrulha protestam no Recife

Eles cobram justiça e agilidade das autoridades sobre o caso - Foto: Reprodução/TV Jornal

Familiares e amigos do PM da Rádio Patrulha, encontrado morto dentro do próprio carro no dia 2 de novembro no bairro de Boa Viagem, Zona Sul, protestaram na manhã desta quarta-feira (2), em frente ao Palácio do Campo das Princesas, no Recife. Eles cobram justiça e agilidade das autoridades sobre o caso. 

Na ocasião, a mãe do militar e o advogado da família, foram recebidos por volta das 9h pelo secretario Executivo, Eduardo Figueredo.

>>PM da Rádio Patrulha aparenta 'tontura' em vídeo recebido pela TV Jornal

Impacientes

Os cinco amigos que compareceram no local, esperavam impacientes a saída dos dois com faixa e camisas, na esperança de terem mais respostas sobre o andamento das investigações.

Emoção

A mãe do PM foi recebida com emoção pelos amigos que aguardavam do lado de fora. Porém, não quis falar com a imprensa.

Inquérito

O palácio informou que o inquérito que apurou a morte do policial já foi concluído e que o resultado vai ser divulgado nesta quinta-feira (3).

Relembre o caso

O policial militar da Rádio Patrulha estava desaparecido desde o dia 24 de outubro. De acordo com a namorada de Igor, ele saiu de casa por volta das 11h dizendo que iria encontrar um corretor de imóveis, e teria enviado uma mensagem para a namorada dizendo que a amava. Depois disso, a família não teve mais notícias dele. O corpo foi achado dentro do carro da própria vítima por moradores da região de Boa Viagem, por conta do forte odor vindo do veículo.

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, Igor Bernardo estava com o banco reclinado e, segundo os peritos do Instituto de Criminalística (IC), apresentava uma perfuração de bala na testa. Ainda segundo os peritos, o corpo já devia estar lá há vários dias, pelo avançado estado de decomposição. No veículo, a polícia encontrou pertences de Igor. ao lado do corpo, foi encontrada uma pistola ponto 40, utilizada em serviço, com uma munição deflagrada.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.