Operação

Auxílio emergencial: grupo suspeito de aplicar golpes é desarticulado


Cerca de 30 beneficiários do auxílio emergencial foram vítimas da organização criminosa

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 07/12/2020 às 12:01
Day Santos/JC Imagem
FOTO: Day Santos/JC Imagem
Leitura:

Uma operação da Polícia Federal desarticulou um grupo criminoso suspeito de aplicar golpes em beneficiários do auxílio emergencial, pago pelo Governo Federal. Cerca de 30 pessoas foram vítimas da organização criminosa.

>> Polícia deflagra operação para prender suspeitos de violência contra idosos

Apreensões

De acordo com a Polícia Federal, mais de 20 cartões de benefício, junto com as senhas, foram apreendidos com os suspeitos.

Na operação, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, todos em cidades do Sertão do Estado.

>> Polícia Civil: Operação desarticula organização criminosa em Toritama

>>Após roubar R$ 4 milhões de cliente no Recife, advogado é preso durante operação da PF

Investigações

As investigações indicaram que, desde o mês de abril, um funcionário de uma casa lotérica estaria cobrando indevidamente 10% dos valores do auxílio para que os beneficiários não enfrentassem filas.

Também segundo a polícia, os saques eram realizados em outras agências bancárias, em Salgueiro e Cabrobó.