COVID-19

Pandemia: Procon-PE interdita local onde acontecia festa de cervejaria

Com aumento nos números da covid-19 no Estado, o Governo de Pernambuco proibiu shows, eventos, e festas de Natal e Réveillon.


Pandemia: Procon-PE interdita local onde acontecia festa de cervejaria

No evento, havia clientes sem máscara, muitas pessoas dançando e sem distanciamento social. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Na noite dessa segunda-feira (07), o Procon Pernambuco interditou uma cervejaria, localizada na Estrada das Batalhas, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

>> Covid-19: Festas de Natal e Revéillon estão proibidas em todo o estado de Pernambuco

 

Desrespeito às normas de segurança

No local, estava acontecendo uma festa, na qual havia clientes sem máscara, muitas pessoas dançando e sem distanciamento social.

A cervejaria foi interditada apenas para a realização de eventos. Ainda na presença dos fiscais, a festa foi encerrada e os consumidores deixaram o local. A ação contou com o apoio da Polícia Militar.

 

>> Jailson Correia, Secretário de Saúde do Recife, testa positivo para covid-19

>> 13 capitais do Brasil têm tendência de avanço da covid-19, alerta boletim da Fiocruz

>> Pernambuco registra aumento de 27% em casos de covid-19 nos últimos 15 dias

>> Olinda inaugura novo centro de testagem para covid-19

 

Eventos proibidos

Com aumento nos números da covid-19, o Governo de Pernambuco realizou um pronunciamento, nessa segunda (7), determinando que shows, eventos, e festas de Natal e Réveillon estão proibidos, em todo o Estado.

A medida foi tomada como forma de contenção ao avanço do coronavírus e vale tanto para eventos gratuitos, quanto para pagos, independentemente da quantidade de pessoas. 

"O governo de Pernambuco está publicando amanhã um novo decreto válido para todo o território com proibição de shows, festas e similares, com ou sem cobrança de ingresso, independente do número de participantes, com exceção de casamentos, formaturas e eventos sociais similares, desde que cumpridos os protocolos. Além disso, com base no atual momento epidemiológico, estamos proibindo a realização de shows e festas de Natal e réveillon, incluindo os realizados em espaços públicos, condomínios, clubes, hotéis e estabelecimentos assim, com ou sem cobrança de ingresso. Este decreto entra em vigor amanhã. A fiscalização, a partir de agora, será ainda mais intensa", declarou o secretário de Saúde do Estado, André Longo. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.