Metrô

Confira mudanças no Metrô do Recife por causa da greve dos Rodoviários

Rodoviários deram início à greve, nesta terça-feira (22). Por causa disso, o metrô do Recife teve alteração nas operações

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 22/12/2020 às 10:44
Brenda Alcântara/ JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara/ JC Imagem
Leitura:

Por causa dos transtornos provocados pela greve dos Rodoviários, na Região Metropolitana do Recife, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) vai ampliar o horário de pico do Metrô do Recife em uma hora, tanto pela manhã, quanto no fim do dia, enquanto durar a paralisação.

>> Greve dos Rodoviários tem início na Região Metropolitana do Recife

Os horários de pico do sistema são definidos de acordo com o número de passageiros transportados e, consequentemente, possuem uma maior quantidade de trens em operação. Pela manhã, o horário de pico se estendeu até as 9h30. No final do dia, até 21h.

>> Greve de ônibus: empresários garantem 70% da frota nas ruas

Fluxo

Mesmo com bastante movimento nas estações, o fluxo de pessoas foi menor que o esperado pela companhia, já que o metrô é abastecido diariamente pelos terminais integrados.

Terminais de ônibus

Nos terminais de ônibus, muita gente ficou prejudicada e pouquíssimos coletivos circularam. Havia tantos passageiros esperando que, quando o ônibus chegava, uma multidão corria para entrar. As portas quase não fechavam e não tinha espaço para todo mundo.

Frota

Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, menos de 20% da frota saiu das garagens. Por isso, os transtornos foram grandes para a população da Região Metropolitana.

+VÍDEOS