PRISÃO

Suspeito de matar mulher grávida e carbonizar corpo é preso no Grande Recife


O crime pode ter sido motivado pelo fato de a vítima estar grávida

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 19/01/2021 às 11:43
Pixabay / Reprodução
FOTO: Pixabay / Reprodução
Leitura:

Um homem suspeito de matar e carbonizar uma mulher grávida de três meses, em novembro de 2020, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife, foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco, em cumprimento a mandado de prisão, nessa segunda (18).

>> Mulher grávida é presa com mais de 20 kg de maconha no Recife

>> Após tentar matar mãe grávida, adolescente é amarrado por vizinhos no Agreste

Crime

De acordo com a polícia, a vítima, de 26 anos, mantinha um relacionamento oculto com o suspeito. Na época do crime, em 28 de novembro do ano passado, a mulher desapareceu e foi encontrada apenas no dia seguinte, morta e com o corpo carbonizado, em uma mata próxima da BR-101, km 100, na cidade do Cabo de Santo Agostinho.

Motivação

A motivação do crime, ainda segundo a polícia, teria sido a gravidez da vítima, já que o suspeito havia exigido que a gestação fosse interrompida e isso não aconteceu.

>> Mulher perde bebê após esperar oito dias pelo parto no Hospital Barão de Lucena

Nota

Em nota, a polícia informou que mais detalhes sobre o caso poderão ser repassados ao longo do dia.