PROTESTO

Protesto em frente a posto onde técnica de enfermagem foi estuprada pede segurança em Jaboatão dos Guararapes

Cerca de 100 pessoas se reúnem para denunciar o caso e pedem mais segurança para o posto e o bairro como um todo

Protesto em frente a posto onde técnica de enfermagem foi estuprada pede segurança em Jaboatão dos Guararapes

Eles se reúnem para denunciar o caso e pedem mais segurança para o posto e o bairro como um todo - Foto: Paulo Daniel/TV Jornal

Cerca de 100 pessoas entre profissionais de saúde, integrantes de coletivos de mulheres e moradores da comunidade se reuniram, nesta sexta-feira (29) para protestar em frente ao posto de saúde onde uma auxiliar de enfermagem foi vítima de estupro, ao chegar para o trabalho, em um posto de saúde, em Comportas, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

>>Técnica de enfermagem é vítima de estupro ao abrir posto de saúde em Jaboatão dos Guararapes

Eles denunciam o caso e pedem mais segurança para o posto e o bairro como um todo. A manifestação foi acompanhada por equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Uma cena que faltou aqui no dia do crime e em vários outros dias, segundo os organizadores do protesto. Outra coisa que anda faltando também é remédio, de acordo com a comunidade.

>>Polícia Federal deflagra operações contra abuso e pornografia infantil

 

Interesse

A assistente social Amanda Salazar é moradora do local e denuncia que vários outros casos de violência já aconteceram no local. Ela diz que a prefeitura não tem interesse em manter o posto na comunidade e culpa também a especulação imobiliária.

>>Após sofrer estupro, adolescente de 13 anos grávida é internada no Recife

Relembre o caso

Uma auxiliar de enfermagem foi vítima de estupro, ao chegar para o trabalho, em um posto de saúde, em Comportas, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo os vizinhos, a técnica de enfermagem foi abordada e vítima do estupro, ao abrir a unidade da saúde, no início da manhã dessa quinta-feira (21). Ainda de acordo com os moradores, a vítima foi abordada por dois homens, em uma moto.

 

Eles denunciam que não só o posto de saúde, mas o bairro como um todo se encontra abandonado e, que muitos moradores já foram vítimas de assaltos. O posto de saúde Comportas II amanheceu com segurança reforçada, nesta sexta-feira (22). Equipes da Guarda Municipal foram até o local.

A população informou que a unidade de saúde costuma abrir, por volta das 7h30. A equipe da TV Jornal ficou no local, até as 9h, e ela permaneceu fechada.

Nota da Polícia Civil na íntegra

A Polícia Civil continua investigando um estupro ocorrido na manhã do dia (20), num posto de saúde, em Jaboatão dos Guararapes. A vítima, uma mulher de 45 anos de idade, foi estuprada por um elemento desconhecido, o qual também subtraiu o aparelho celular da vítima e um tablet. As investigações seguirão até a completa elucidação do crime e sua autoria, devendo a autoridade policial apenas se pronunciar ao final das diligências para não atrapalhar o andamento dos trabalhos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.