VIOLêNCIA

Vídeo: Assaltos a pedestres se multiplicam nos Aflitos e Rosarinho

Durante a gravação da matéria, a equipe de reportagem da TV Jornal foi informada que tinha acabado de ocorrer um assalto, na rua ao lado

Vídeo: Assaltos a pedestres se multiplicam nos Aflitos e Rosarinho

A insegurança tem mudado a rotina de quem mora nos bairros do Rosarinho e dos Aflitos, na Zona Norte do Recife - Foto: Cortesia

A insegurança tem mudado a rotina de quem mora nos bairros do Rosarinho e dos Aflitos, na Zona Norte do Recife. Assaltantes, geralmente em motos, abordam os pedestres, a qualquer hora do dia.

>> Suspeito de realizar assaltos morre após ser baleado em confronto com a polícia na Zona Oeste do Recife

 

Flagrantes

Há vários registros deste tipo de ação nos vídeos dos circuitos de câmeras dos prédios da área. Em um vídeo, feito na Rua Teles Júnior, a dupla aborda uma mulher, que estava correndo na rua. Ela ainda ensaia reagir, mas, depois, entrega o celular.

>> Confira os terminais integrados que ganharam reforço policial para combate a roubos e assaltos

Em outro vídeo na mesma rua, um homem é abordado, quando chega à portaria. Já em outro vídeo, na Rua Caio Pereira, um suspeito chega a pé e o outro em uma moto, inclusive, com mochila de entrega de comida.

Surpresa, a vítima dá o capacete e a moto aos bandidos.

>> Tentativa de assalto na BR-101: Antes de carreta tombar, outro suspeito foi atropelado e morto

Criminalidade

A criminalidade está tão grande no bairro, que, enquanto era gravada a reportagem, um motorista passou e disse que, na rua ao lado, um rapaz havia acabado de ser assaltado.

A equipe de reportagem foi ao local e não achou a vítima. Durante o tempo em que a equipe estava no Rosarinho, foi visto apenas um carro de polícia circulando pelo bairro.

Polícia Militar

A Polícia Militar disse que o comandante do 13º batalhão já tomou conhecimento da situação e que vai intensificar o policiamento nos dois bairros.

A PM também enfatiza a importância de se ligar para o 190, no momento da ocorrência, ou prestar uma queixa, posteriormente, na Delegacia de Polícia Civil.

Polícia Civil

A Polícia Civil de informou que segue investigando os crimes ocorridos nos dois bairros, e que a Delegacia do Espinheiro, sob o comando do delegado Francisco Diogenes, está à frente das investigações.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.