DESCASO

Proprietária de escola em Olinda denuncia que a instituição está sem água há mais de 2 meses

Com a falta de água, a rotina e os cuidados com a higiene dos alunos estão sendo prejudicados

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 11/03/2021 às 13:00
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A proprietária de uma escola localizada no bairro de Rio Doce, em Olinda, no Grande Recife, denuncia que a instituição está sem água há mais de dois meses. Segundo Georgina Lima, a última vez que a água chegou foi no dia 4 de janeiro. De lá pra cá, a proprietária precisou pagar um carro pipa para abastecer as caixas d’água.

Ela conta também que a interrupção no abastecimento está prejudicando a rotina escolar e comprometendo até os cuidados de higiene com os alunos.

>>Compesa suspende fornecimento de água por alguns dias e município do Grande Recife é prejudicado

>>Cano da Compesa estoura e deixa rua alagada em Cabo de Santo Agostinho

Além disso, a proprietária da escola informou que procurou à Compesa. Em um dos contatos, por mensagem de celular, ela foi informada que a equipe técnica da companhia não havia identificado o problema. Inconformada com a resposta, a pedagoga procurou a ouvidora da Compesa que mandou aguardar algumas semanas.

Resposta

A Compesa informou que concluiu ontem as intervenções para melhorar o abastecimento da Rua Amália Bernardino, na terceira etapa de Rio Doce. Ainda segundo a Compesa, o próximo ciclo de abastecimento da localidade, programado para domingo, será monitorado pelos técnicos da companhia.

+VÍDEOS