DENúNCIA

Parentes de pacientes e representantes de sindicato denunciam superlotação na Policlínica Barros Lima

De acordo com as denúncias, os problemas registrados na Policlínica Barros Lima não são recentes

Parentes de pacientes e representantes de sindicato denunciam superlotação na Policlínica Barros Lima

A equipe de reportagem não foi autorizada a entrar na policlínica, que também é especializada em receber pacientes com covid-19, no Recife. - Foto: Cortesia

Parentes de pacientes e representantes do Sindicato Estadual dos Técnicos de Enfermagem denunciam a superlotação na Policlínica e Maternidade Barros Lima, que fica no bairro de Casa Amarela, na Zona Nortel do Recife. Nas imagens enviadas para à produção da TV Jornal, é possível ver pacientes em macas, se abanando dentro da sala de observação, por causa do calor dentro da ala. O vídeo teria sido gravado na manhã desta quarta-feira (7).

Segundo a denúncia, as janelas estavam abertas porque o ar-condicionado estaria quebrado. Além disso, na mesma imagem, é possível ver também um acompanhante dormindo no chão da Policlínica Barros Lima.

Problemas antigos

De acordo com Francis Hebert, presidente do Sindicato Profissional dos Auxiliares e dos Técnicos de Enfermagem de Pernambuco, os problemas da unidade registrados nas imagens são antigos. Ele ainda revela que a falta de ar-condicionado pode ter graves consequências a saúde dos pacientes.

> Policlínicas do Recife zeram número de pacientes com coronavírus nos leitos de enfermaria

> Urgência pediátrica em policlínica no Recife é temporariamente fechada para atender pacientes com covid-19

A equipe de reportagem não foi autorizada a entrar na policlínica, que também é especializada em receber pacientes com covid-19, no Recife.

Resposta da Secretaria de Saúde do Recife

Em nota, a Secretaria de Saúde do Recife disse que já solicitou a visita de uma equipe de manutenção para resolver o problema do ar-condicionado. Quanto a situação dos acompanhantes deitados no chão, a secretaria informou que está em processo de compra de poltronas para essas pessoas.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.