ACIDENTE

Familiares e amigos fazem busca por homem que caiu em canal no Ibura

Na manhã desta quarta-feira (14), familiares e amigos de José Claudio Botelho começaram as buscas por conta própria, no bairro da Muribeca

Familiares e amigos fazem busca por homem que caiu em canal no Ibura

O homem está desaparecido desde o fim de semana - Foto: Wellington Lima/ JC Imagem

Permanece desaparecido o homem de 52 anos que foi levado pela água, ao cair em um córrego, às margens do Canal da Lagoa Encantada, no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife. Na manhã desta quarta-feira (14), familiares e amigos de José Claudio Botelho começaram as buscas por conta própria, no bairro da Muribeca.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros está percorrendo a área e vai seguir com as buscas, até o fim do dia. O homem está desaparecido, desde a último final de semana. Segundo os Bombeiros, o acionamento para o caso, na Rua Maria Adelaide Castelo Branco, foi feito por volta das 19h do sábado (10).

As buscas foram iniciadas, mas a vítima não foi encontrada ainda. O órgão não soube informar como a vítima caiu no canal, mas o acidente aconteceu durante as fortes chuvas registradas no último final de semana, no Recife.

>> Bombeiros seguem procurando por homem que caiu em canal no Recife

De onde veio tanta chuva?

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o sistema meteorológico que vem causando essa chuva é conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL). Os Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL), também chamados de Ondas de Leste, são perturbações no campo de vento e pressão que atuam na faixa tropical do globo terrestre, em área de influência dos ventos alísios, que se deslocam desde a costa da África até o litoral leste do Brasil.

O fenômeno é intensificado pela confluência dos ventos em baixos níveis. O cavado de médios níveis estava presente com intensidade considerável e não havia bloqueios atmosféricos. O fenômeno DOL é comum nesta época do ano, e costuma contribuir para chuvas nos estados do leste do Nordeste, como Pernambuco.

Defesa Civil de Pernambuco

A população deve seguir as orientações das Defesas Civis dos seus municípios, deixando áreas de risco e evitando entrar em rios, córregos ou em locais alagados. As equipes da Defesa Civil do Estado permanecem em alerta 24h, e podem ser acionadas, por meio da Central de Operações pelos telefones 199 e 3181-2490.

Defesa Civil do Recife

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) renova o alerta para a continuidade de chuvas moderadas a fortes no Recife, nas próximas 24 horas. A Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente, podendo ser acionada pelo telefone 0800 081 3400. A ligação é gratuita e o atendimento 24h. A orientação é que, em caso de necessidade, moradores de locais de risco procurem abrigos seguros e acionem o órgão.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.