GRANDE RECIFE

Mulher morre ao pisar em caixa de energia e receber descarga elétrica em Olinda

Fato aconteceu em calçada de parada de ônibus, que estava inundada por causa das fortes chuvas

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 05/05/2021 às 15:15
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

Uma mulher foi encontrada morta no fim da manhã desta quarta-feira (5), no bairro do Varadouro, em Olinda, no Grande Recife. Sandra Helena Freitas da Silva, de 56 anos, estava a caminho do trabalho quando, ao passar por uma parada de ônibus que estava alagada por causa das fortes chuvas na região, teria pisado em uma caixa de energia e recebido uma descarga elétrica.

O local precisou ser isolado. Técnicos da Companhia Energética de Pernambuco - Celpe e peritos criminais foram acionados e constataram que a caixa de fios estava liberando energia.

"Provavelmente o que aconteceu foi que a senhora vinha caminhando pela calçada, que estava inundada, cheia de água, e ao passar pela caixa energizada que está no chão, recebeu a descarga elétrica", informou o perito do Instituto de Criminalística, Heudo Souza.

>>>Chacina em creche de Santa Catarina: três crianças e duas professoras são mortas por homem com facão

>>>Jovem de 20 anos está entre mortos em chacina dentro de creche em Santa Catarina

>>>Com facão, jovem invade creche e deixa adulto e duas crianças mortas em Santa Catarina

Veja na reportagem

Ainda de acordo com o perito, haviam sapos mortos na região, que provavelmente foram afetados pela descarga elétrica e outros moradores da área já receberam choques ao transitar no trecho. "Há notícias de que outras pessoas já receberam descargas ali, em dias passados. Não de forma fatal, mas receberam", disse Heudo Souza.

Mudança no percurso

O choque foi tão forte que ela não resistiu aos ferimentos e morreu. O marido da vítima, Jessé Luiz, estava bastante abalado e revelou, durante entrevista à TV Jornal, que, justamente hoje, a esposa alterou o percurso que fazia todos os dias para ir ao trabalho. "Ela hoje mudou de caminho. É difícil, é complicado", lamentou Jessé.

+VÍDEOS