ACIDENTE

Chuva no Grande Recife tem idoso atingido por árvore, alagamentos e imóveis invadidos pela água; veja vídeos

Desde a madrugada desta quinta-feira (13), as fortes chuvas que caem já gerou vários transtornos


Chuva no Grande Recife tem idoso atingido por árvore, alagamentos e imóveis invadidos pela água; veja vídeos

Desde a madrugada desta quinta-feira (13), as fortes chuvas que caem já gerou vários transtornos - Foto: Bruno Campos/TV Jornal

Desde a madrugada desta quinta-feira (13), as fortes chuvas que caem já geraram vários transtornos no Grande Recife. Muitas cidades acumulam pontos de alagamento, prejudicando a circulação de motoristas e pedestres. Em Olinda, um trecho da PE-15 ficou alagado nos dois sentidos.

O canal em uma das entradas do bairro de Ouro Preto transbordou, causando várias consequências aos motoristas. Em Rio Doce, também em Olinda, o início da manhã foi de ruas e avenidas alagadas. Já no Recife, ruas e avenidas de todas as áreas da cidade ficaram completamente cheias de água, além de outros transtornos. 

Idoso é atingido por árvore

Devido às fortes chuvas, uma árvore tombou no estacionamento da Santa Casa de Misericórdia do Recife, no bairro de Santo Amaro, área central da capital pernambucana. A árvore atingiu os carros e um idoso, de 72 anos, que passava pelo local.

Segundo informações apuradas pelo repórter Mário Oliveira, após o acidente, o idoso foi levado para dentro da unidade de saúde para receber atendimento médico. O acidente aconteceu na manhã desta quinta.

Nota da Santa Casa de Misericórdia do Recife

Em decorrência das fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana do Recife, a Santa Casa de Misericórdia do Recife, mantenedora do Hospital Santo Amaro (HSA), localizado na Av. Cruz Cabugá, informa que uma árvore, do tipo mangueira, caiu, na manhã de hoje (13), no estacionamento da unidade hospitalar. Alguns galhos acertaram um carro que estava no local, mas sem danos graves. Um idoso de 61 anos passava pela área no momento da queda. Ele teve apenas um susto com o ocorrido, sendo prontamente atendido pela equipe do HSA e liberado em seguida, sem ferimentos sérios. A Diretoria Executiva de Controle Urbano do Recife (Dircon) e o Corpo de Bombeiros foram, imediatamente, acionados. O perímetro está isolado. A Santa Casa Recife esclarece, ainda, que as árvores são monitoradas e passam por manutenção, porém, por serem antigas, existe o risco de queda.

>> Chuva: Veja onde tem ponto de alagamento no Grande Recife na manhã desta quinta (13)

Alagamentos

O acumulado de chuvas na capital pernambucana causou alagamentos e uma manhã conflituosa no trânsito do Recife. No bairro de São José, área central, o temporal alagou vários trechos da Avenida Sul e da Rua Imperial. Motoristas passavam com dificuldade pelas vias.

No bairro da Imbiribeira, a Avenida Mascarenhas de Morais, ficou debaixo d’água. Um transtorno para motoristas e pedestres, que tinham de caminhar com os pés na água suja. Ainda na Zona Sul do Recife, um poste e uma árvore acabaram caindo na Avenida Conselheiro Aguiar, em Boa Viagem, provocando um grande engarrafamento na área. O temporal também alagou a Avenida Xingu, no bairro do Jordão. A mesma situação pegou de surpresa os moradores do bairro do Ipsep, que sofreram com a água invadindo muitas casas.

Na comunidade de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, a água invadiu casas e ruas, e os moradores precisaram improvisar para circular pela área.

Em Nova Descoberta, também na Zona Norte, várias ruas foram tomadas pela água. Muitos pontos comerciais e residenciais ficaram inundados. Na Avenida Agamemnon Magalhães, na área central do Recife, o canal do Derby, na área do Tacaruna, transbordou, no sentido de Olinda. Os motoristas precisaram de muito cuidado para passar pelo local.

 

Olinda

Ruas e avenidas de Olinda também ficaram alagadas, prejudicando a circulação de veículos e pedestres. No viaduto que cruza a entrada de Ouro Preto/Jatobá, muita água e carros com dificuldade para passar. O canal ao lado do viaduto transbordou mais uma vez, causando alagamento. 

No bairro de Rio Doce, ruas e avenidas também estavam repletas de água. Na Avenida Frederico Ludgren, passar de carro já era difícil, e quem precisou passar a pé teve ainda mais dificuldade. A Avenida Brasil, também em Rio Doce, retrata bem esse volume todo de água na cidade de Olinda, nas últimas horas. Boa parte da avenida ficou tomada pela água.

Emlurb

A Emlurb registrou, neste período, seis ocorrências de quedas de árvores na cidade. Uma já foi concluída e as demais estão com o serviço em andamento. A autarquia afirma estar realizando a desobstrução de pontos de acúmulo de água, com caminhões equipados com jato de sucção, em diversas vias da cidade.

>> Chuva: Veja onde tem ponto de alagamento no Grande Recife na manhã desta quinta (13)

As intervenções ocorrem na rua 10 de Julho com 20 de Janeiro, Boa Viagem; Rua Barão de Tefe com Desembargador José Neves , Boa Viagem; Avenida Recife (Ipsep); Avenida Dois Rios ( SESI ) Ibura; Avenida Boa Viagem (Boa Viagem/Pina); Avenida General San Martin com Gomes Taborda (Cordeiro); Rua João de Andrade (Jardim São Paulo); Rua Paes Cabral (Cordeiro); Rua Otávio Lobo (Jiquiá); Avenida Caxangá (Cordeiro); Rua Estrada do Encanamento (Casa Amarela); Avenida Beberibe (Água Fria); Rua São João (Campina do Barreto); Rua Expedicionário Jamil Dagle, ao lado da praça Maria José dos Santos (Água Fria); Rua Uriel de Holanda com José Amarindo dos Reis, Dois Unidos, entre outros pontos.

'Fiquem em casa, tem muita água chegando'

O chefe da Defesa Civil do Recife, coronel Cássio Sinomar, alertou que as chuvas devem permanecer intensas ao longo de toda esta quinta-feira (13), no Grande Recife. De acordo com o especialista, a população que puder deve ficar em casa, devido às complicações causadas pelo volume intenso de água que caiu na região, em poucas horas. 

“É muita água para pouco espaço de tempo. Estamos acostumados com 10 a 15 mm durante um dia, e já vamos com 80 a 90 mm, em menos de 12h. É sempre importante que quem faz os percursos conheça seus caminhos. A gente sabe que alguns pontos são críticos aqui na cidade do Recife, devido a sua estrutura, suas condições”, alertou. 

Operação Inverno

Neste ano, a Prefeitura do Recife afirma que o investimento total na Ação Inverno é de R$ 96,6 milhões, incluindo contenção de encostas, prevenção e monitoramento em áreas de risco, colocação de lonas plásticas e eliminação de pontos de alagamento, entre outras. "O trabalho começou desde janeiro deste ano, e envolve mais de 3 mil servidores de diversas secretarias e órgãos municipais", disse o executivo municipal.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.