Violência

Abril tem maior número de homicídios em mais de 3 anos no Recife, com pandemia e brigas entre gangues; confira áreas mais afetadas


A pandemia do novo coronavírus (covid-19) seria um dos motivos para o crescimento da violência.

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 18/05/2021 às 12:10
Arquivo/JC Imagem
FOTO: Arquivo/JC Imagem
Leitura:

Um levantamento feito pelo Instituto Fogo Cruzado apontou que, no mês de abril, a cidade do Recife registrou o maior número de homicídios, em um período de mais de três anos. A pandemia do novo coronavírus (covid-19) seria um dos motivos para o crescimento da violência.

Nova Descoberta

De acordo com o Instituto, só este ano, 11 pessoas foram mortas por crimes violentos no bairro de Nova Descoberta, Zona Norte do Recife. Entre os comerciantes da área, impera a lei do silêncio.

Um dos crimes no bairro foi registrado por câmeras de segurança, no Córrego do Eucalipto. Pelo menos, sete homens armados dispararam vários tiros contra um adolescente, de 16 anos, que morreu no local. Uma mulher, de 33 anos, e um homem, de 50, também foram atingidos. (Veja no vídeo abaixo)

Outros bairros

O bairro de Nova Descoberta é apenas um exemplo da escalada da violência no Recife. De acordo com dados da Secretaria de Defesa Social, nos 4 primeiros meses deste ano, 209 pessoas foram vítimas de crimes como homicídio e latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Cerca de 10% a mais que o mesmo período de 2020.

>> Vídeos: onda de crimes assusta moradores da Zona Norte do Recife

Além de Nova Descoberta, os bairros do Ibura, Passarinho, Cohab, Dois Unidos e Várzea lideram o ranking de mortes por crimes violentos feito pelo Instituto Fogo Cruzado. Em cada um deles, 7 pessoas foram assassinadas. A Coordenadora Executiva do Gajop, Edna Jatobá, explicou o que pode estar motivando o aumento de crimes violentos na capital pernambucana. (Veja no vídeo abaixo)

>> Pandemia do coronavírus facilita crescimento da violência em Pernambuco

Briga entre gangues

De acordo com o gestor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Bruno Magalhaes, o outro motivo para o aumento no numero de homicídios nos bairros de Nova Descoberta e Macaxeira é a briga entre gangues rivais envolvidas no tráfico de drogas.

Nota da SDS

A Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que já está trabalhando para a diminuição da violência, com ação integrada de policiamento ostensivo, operações de repressão, além de cumprimentos de mandados e desarticulação de quadrilhas.