RISCO

Perto de local onde família morreu durante deslizamento, outra barreira ameaça desabar em Jaboatão dos Guararapes

No local, uma cratera vem se formando em uma barreira, que ameaça deslizar. Moradores dizem que, segundo a Prefeitura, o investimento para resolver o problema seria muito grande para os cofres municipais.


Perto de local onde família morreu durante deslizamento, outra barreira ameaça desabar em Jaboatão dos Guararapes

No local, uma cratera vem se formando em uma barreira e a ameaça de mais um deslizamento só aumenta. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Há uma semana, a chuva forte que caiu sobre a Região Metropolitana do Recife provocou o deslizamento de uma barreira e a morte de quatro pessoas de uma mesma família, no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes. Perto do local dessa tragédia, os moradores da Rua Bélgica, em Sucupira, temem um novo acidente. No local, uma cratera vem se formando em uma barreira, e a ameaça de mais um deslizamento só aumenta.

A dona de casa Irene de Oliveira mora na rua há 27 anos. O muro da casa dela está rachando, e a viga que sustenta o terraço está praticamente solta. O terraço da residência pode desabar a qualquer momento. Quando chove, como na semana passada, o medo é o hóspede mais indesejado.

A casa de dona Vandete dos Santos também fica na beira da barreira, que já está desgastada, cheia de vegetação e sofrendo com a erosão causada pelas chuvas. Ela mora com a filha e os seis netos. Segundo ela, o medo de que o pior possa acontecer é diário. Porém, ela e a família não têm para onde ir.

>> Deslizamento de barreira em Jaboatão: Pai e filha morreram abraçados

Problema antigo

De acordo com os moradores, o problema se estende, desde 2020. Eles já protocolaram várias vezes as denúncias e nada foi feito. No local, o cenário é assustador. De cima da barreira, são mais de 30 metros de altura.

O aposentado Édson Vicente ainda conta que a Prefeitura alega que o investimento para resolver o problema seria muito grande para os cofres municipais.

Deslizamento

Na última quinta-feira (13), por volta das 18h30, um deslizamento de barreira, no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, atingiu a casa da família composta por quatro pessoas: Osvaldo Pessoa de Siqueira, de 39 anos, a esposa dele Sílvia Regina da Silva, de 36 anos, a filha do casal Isabeli Pessoa de Siqueira, 11 anos, e o outro filho do casal, Otávio Pessoa de Siqueira, de 16 anos.

Ao longo da quinta-feira (13), choveu muito no Grande Recife e a barreira não suportou o volume de águas. Cães farejadores e uma retroescavadeira foram usados para ajudar nas buscas. O corpo do adolescente foi encontrado ainda na noite da quinta-feira. A mãe das crianças foi encontrada sem vida, na sexta-feira (14). Já os corpos de pai e filha foram achados na manhã do sábado. Os dois morreram abraçados, no sofá de casa. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.