Transtorno

Problema técnico no metrô causa transtornos para os passageiros na manhã desta quarta, 8 de setembro

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que a situação já foi regularizada

Caterine Costa de Oliveira
Caterine Costa de Oliveira
Publicado em 08/09/2021 às 12:30
Felipe Ribeiro/ SJCC
FOTO: Felipe Ribeiro/ SJCC
Leitura:

Na manhã desta quarta-feira (8), por volta das 7h50min, a composição do metrô que fazia a linha Centro do Recife parou. Os passageiros que estavam no trem, entre a estação Santa Luzia e Mangueira, precisaram descer do transporte e passar pela linha férrea a pé.

De acordo com funcionários do metrô, o problema foi causado devido a uma falha no acelerador, que fez com que ele não saísse do lugar. Enquanto o problema não era solucionado, apenas a via no sentido Jaboatão dos Guararapes seguiu funcionando.

>>Jovem é assassinado a tiros ao lado de estação do Metrô do Recife, em Afogados

>>Você conhece o 'Uber dos ônibus'? Com viagens gratuitas, cupons e promoções, Buser chega a Pernambuco em setembro

Passageiros que utilizam o transporte diariamente informam que problemas com esses não são incomuns de ocorrer. Além disso, a população relata que sofre com o calor dentro dos vagões, pois os ar-condicionados não funcionam, e que também temem os assaltos que são comuns no dia-a-dia.

Nota da CBTU

A CBTU Recife esclarece que a segurança das estações é feita pelo policiamento ferroviário e por PMs. Desde o dia 05 de janeiro do corrente ano, teve início o convênio firmado entre a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e a Polícia Militar. Dezenas de policiais do Batalhão de Choque da PM estão atuando diariamente nas linhas Centro e Sul, reforçando a segurança dos usuários e funcionários e coibindo o comércio ilegal.

Os policiais, que passaram por treinamento para conhecer o sistema, estão em comunicação com os seguranças e com a central de monitoramento do Metrô, que fica localizada na sede administrativa da Companhia, em Areias. O sistema de monitoramento da CBTU Recife possui 1380 câmeras de alta resolução, cujas imagens são analisadas 24 horas por dia.

+VÍDEOS