POLÍCIA

'Não estou arrependido', diz homem que ateou fogo enquanto mulher dormia em Olinda

O suspeito de atear fogo na mulher contou o motivo do crime e confessou que não se arrependeu

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 23/09/2021 às 15:35
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Questionado pela reportagem da TV Jornal nesta quinta-feira (23), o homem de 24 anos que foi preso por atear fogo na própria companheira, de 19 anos, enquanto ela dormia, em Olinda, no Grande Recife, afirmou que não se arrependeu do crime. "Tô não (arrependido)", disse. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio. Os dois são moradores de rua e vivem juntos há sete meses, nas proximidades da Praça Doze de Março.

O crime

De acordo com a polícia, a mulher estava dormindo durante a madrugada desta quinta-feira (23), na Avenida Carlos de Lima Cavalcanti, em Bairro Novo, quando o homem ateou fogo no corpo dela. A jovem ficou queimada no rosto, no pescoço e nos braços. Ela foi socorrida por uma equipe da Polícia Militar que passava pelo local, e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade Tabajara. A vítima foi transferida para o Hospital da Restauração e seu estado de saúde é estável.

Autuação em flagrante

O suspeito foi encaminhado para o Departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de feminicídio. Em depoimento ao delegado Antônio de Campos, o homem, que já tem passagem pela polícia, por roubo, alegou que tentou matar a mulher, por desconfiar que teria sido traído por ela. Ele vai passar por audiência de custódia.

+VÍDEOS