Bebê abandonado em Olinda

Teste de DNA comprova que homem que teria encontrado bebê em Olinda é o pai da criança

Além do pai, o teste identificou que a companheira do vendedor ambulante é a mãe da criança

Catêrine Costa
Catêrine Costa
Publicado em 06/12/2021 às 14:47
Notícia
Reprodução/TV Jornal
Homem é flagrado carregando bebê recém-nascido antes de abandoná-lo em Olinda - FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou, nesta segunda-feira (6), que um teste de DNA feito no homem que teria encontrado um bebê no Sítio Histórico de Olinda em 2 de novembro, confirmou que, na verdade, ele é o pai do recém-nascido. A companheira dele também se submeteu ao exame que comprovou ser a mãe biológica da criança. 

 Na primeira versão, o homem, que é vendedor ambulante, disse ter encontrado o menino em uma sacola. No entanto, em depoimento à polícia ele mudou a versão e disse ser pai da criança.

>>Bebê abandonado em Olinda: ligação de suposto parente e pais que não queriam criar criança; veja desdobramentos

>>Bebê recém-nascido é encontrado dentro de sacola no Sítio Histórico de Olinda

Situação do bebê

Desde que recebeu alta do Hospital Tricentenário, no dia 16 de novembro, o bebê está em uma casa de acolhimento, sob os cuidados do conselho tutelar. Caberá à Justiça decidir quem ficará com a criança. Os pais do bebê divergem sobre a guarda.

Segundo o advogado do pai, James Lancaster, há interesse de que o recém-nascido fique com a avó paterna. Já de acordo com a advogada Karina Silva, a mãe tem interesse na guarda do menino.

Mudança de versão

Vale lembrar que, no dia 11 de novembro, os pais biológicos do bebê foram à delegacia do Varadouro prestar depoimento. Segundo o advogado do homem, o pai biológico é o mesmo que levou a criança ao Hospital Tricentenário e disse ser vendedor ambulante.

No entanto, conforme o relato, a história inicialmente contada por ele era, na verdade, inventada. O advogado afirmou que o homem e a esposa não sabiam da gravidez e ficaram desesperados por estarem desempregados.

[[LEIA-TAMBEM][219428,219115,218944][LEIA-TAMBEM]]

Comentários

Mais Lidas