AMEAçA DE ESTUPRO

Após ameaça à jornalista, SJCC toma medidas para punir responsável

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

O Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) denunciou à polícia a ameaça sofrida pela apresentadora da TV Jornal, Anne Barreto, feita por um internauta, nessa terça-feira (02). A jornalista sofreu o ataque após compartilhar em sua página pessoal no Facebook o vídeo da edição de segunda-feira (1º), do TV Jornal Meio-Dia

Na mensagem, o internauta ameaça a apresentadora de estupro e frisa o fato de a jornalista chamar o possível responsável pela morte de um advogado, no Parque das Esculturas, bairro de Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife, de "suspeito". Na prática do jornalismo, qualquer pessoa envolvida em delito criminoso é chamada de “suspeito” até que a polícia conclua as investigações e encaminhe o inquérito à Justiça. Apenas neste momento é que o suspeito passa a ser chamado de acusado.

O SJCC adotou as medidas jurídicas necessárias para que o autor da mensagem seja identificado e punido. “O sistema irá prestar uma queixa pedindo que seja investigado de onde veio o comentário, porque não podemos considerar este tipo de coisa como uma brincadeira. Este é um crime que não pode ser mais tolerado”, explica o advogado do SJCC, André Tavares de Melo.

Ainda segundo o profissional, Anne foi vítima de dois crimes: o de injúria, quando o internauta começa a xingar e tentar desconstruir aquela informação veiculada, e o de ameaça, que se enquadra em um crime grave. A ameaça pode ser enquadrada como crimes cibernéticos, já que a pessoa intimida através da internet e redes sociais.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco, Ronnie Duarte, lamentou o caso e considerou o episódio como uma ameaça à liberdade de imprensa. “A sociedade depende do exercício do direito à informação e esse exercício passa por uma imprensa verdadeiramente livre. Quando jornalistas são ameaçados, sobretudo mulheres, é importante que as autoridades reajam, que verifiquem e punam”, explica o profissional.

-Reprodução/TV Jornal

Entenda o caso

Nessa terça-feira (2), a jornalista Anne Barreto, apresentadora do Notícias da Manhã e do TV Jornal Meio Dia, programas exibidos pela TV Jornal, foi ameaçada de estupro nas suas próprias redes sociais. Na postagem, o internauta falava “Se você chamar bandido de suspeito, te estupro”.

O comentário foi feito na repostagem de um material exibido no dia anterior, 1º de outubro. Na matéria, Anne comentava sobre um dos homens envolvidos no assassinato do advogado Flávio Mendes de Amorim, assassinado no último domingo (30), enquanto andava de bicicleta com a família no Parque das Esculturas, no bairro do Pina, Zona Sul da cidade.

Como denunciar crimes cibernéticos?

Em entrevista à equipe de reportagem, o chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, explica como a vítima deve proceder para denunciar casos de crimes e ameaças feitas na internet.

Posicionamento

Denúncia

Na manhã desta quarta-feira (03), a diretora da TV e Rádio Jornal, Beatriz Ivo, prestou queixa na Delegacia de Crimes Cibernéticos, no bairro da Boa Vista, Centro do Recife. Ela estava acompanhada do advogado do SJCC, André Tavares de Melo. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.