DIA MUNDIAL DA VOZ

Pacientes do HCP recebem laringe eletrônica e poderão voltar a falar

TV Jornal

-TV Jornal / Reprodução

Em alusão ao Dia Mundial da Voz, celebrado nesta terça-feira (16), a Associação Brasileira dos Portadores de Câncer (AMUCC) doou ao Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) 10 laringes eletrônicas. Os aparelhos são para pacientes que fizeram laringectomia, ou seja, retiraram a laringe devido a câncer na região, e estão impossibilitados de falar.

O aparelho custa entre R$1.800 e R$3.500, e nem todos podem comprar, devido ao alto custo. Com o uso das laringes eletrônicas, os pacientes poderão falar e se comunicar novamente. 

Confira

Câncer de laringe

O câncer de laringe é um dos mais comuns entre os que atingem a região da cabeça e pescoço, representando cerca de 25% dos tumores malignos que acometem essa área (INCA 2018). Dependendo do estágio em que a doença se encontre, são vários os tratamentos, incluindo a laringectomia total (nos casos mais avançados), na qual ocorre a retirada da laringe, resultando na perda da voz laringea; e a traqueostomia definitiva, a abertura de um orifício artificial na traqueia.

“Com a laringectomia total o paciente precisa reaprender a falar. A laringe eletrônica é um dos métodos utilizados, mas muitos não têm acesso, devido ao alto custo do aparelho”, explica Ana Araújo, fonoaudióloga do Serviço de Fonoaudiologia do HCP. As outras duas técnicas de reabilitação vocal são a voz esofágica (produzida através do esôfago) e a prótese traqueoesofágica (voz produzida através de uma prótese inserida em uma abertura na parede que separa a traquéia e o esôfago).

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.