Abuso sexual: Síndico atraía crianças com escolinha de futebol 3


Um ex-síndico de 33 anos atraía meninos de 6 a 14 anos através de uma escolinha de futebol que ele mantinha para cometer abusos sexuais em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. Uma criança contou que, durante um encontrou, o suspeito deu a ele uma espécie de remédio, que o fez dormir. Denúncia Nove mães foram até a Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), em Prazeres,  prestar queixa contra um homem de 33 anos, que teria abusado dos filhos delas. As crianças têm entre 6 e 14 anos e moram em um condomínio habitacional, do qual o suspeito já foi síndico. Um mulher, com quem o homem teria um relacionamento amoroso, seria cúmplice.