Auxiliares e técnicos de enfermagem de Santa Cruz fazem paralisação de 72h


Auxiliares e técnicos de enfermagem de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, realizam uma paralisação de 72 horas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Os funcionários exibem faixas e cartolinas para denunciar os problemas enfrentados. O ato encerra nesta terça-feira (11). Os profissionais pedem melhores condições de trabalho e reclamam que não há insumos básicos para desempenhar as atividades rotineiras. Caso as reivindicações não sejam atendidas pela gestão municipal, os trabalhadores prometem uma greve por tempo indeterminado. Veja na reportagem do "Por Dentro", da TV Jornal Interior.