MPPE recomenda suspensão do contrato do Governo com Ceasa


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou que o Governo do Estado suspenda o contrato para distribuição de merenda com o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa-PE), no bairro do Curado, na Zona Oeste do Recife. Os auditores apuraram que, entre as irregularidades encontradas, estão a ligação do Ceasa com a empresa Casa de Farinha e até a falta de entrega de alimentos em algumas escolas. Em nota, a diretoria do Ceasa informou que preza pela qualidade do alimento da rede estadual de ensino e que o quesito merenda escolar é um dos mais bem avaliados da Secretaria de Educação. O documento diz ainda que o Ceasa nunca firmou contratos com a empresa Casa de Farinha e que todas as prestações de contas referentes aos serviços citados estão de posse da Secretaria de Educação.