"Eu poderia estar morta", diz mulher agredida pelo ex-marido em Bonito


A mulher agredida com um paralelepípedo pelo ex-marido em Bonito, no Agreste de Pernambuco, esteve presente na manhã desta quarta-feira (19) no julgamento do acusado. "Eu poderia estar morta, eu sou um milagre de Deus na vida. Se eu estou aqui do jeito que estou, é porque Deus colocou a mão", disse Jéssica Maria da Silva.