Jota Junior e Adeildo B são "fiscais de sanitário"