Funcionário teria sido torturado pelo patrão por causa de R$ 50 mil


A Polícia Civil de Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, irá investigar um suposto caso de tortura. Um funcionário teria sido agredido e mantido preso pelo patrão após ser acusado de roubo.