Em meio à pandemia do coronavírus, preços sobe no Ceasa


Os estoque do Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa-PE) estão abastecidos, mas o preço de muitos produtos não está agradando os consumidores. Em meio à pandemia do coronavírus, a batata, cenoura, cebola e o ovo estão pesando mais no bolso dos pernambucanos. O quilo da batata, cenoura e cebola passou de R$ 2,50 para R$ 4. Já a bandeja com 30 unidades aumentou de R$ 8 para R$ 13. Por outro lado, o quilo do limão baixou de R$ 4 para R$ 1,5. A acelga, que também custava R$ 4, está saindo por R$ 2, o quilo. O jerimum passou de R$ 3,50 para R$ 2,50. Segundo os comerciantes, a pandemia do COVID-19 afetou as vendas. Antes do coronavírus, o comerciante Edvaldo Antônio da Silva, fornecedor de Camocim de São Félix, vendia seis toneladas de pepino, chuchu e acelga, mas não chega nem na metade da quantidade atualmente.