Coordenador de enfermagem dá resposta sobre confusão no Hospital Aristeu Chaves


‘’Eu gostaria de esclarecer o fato que ocorreu no hospital Aristeu Chaves. Essas pessoas chegaram agredindo os profissionais que estavam para prestarem assistência. Foi necessário pedir reforço para a Guarda Municipal e a Polícia Militar. Quando a polícia chegou, esse acompanhante, que estava fazendo confusão, evadiu-se do local e, em seguida, o paciente também. Não temos registros do atendimento porque ele não aguardou. Ele simplesmente proporcionou a confusão e evadiu-se em seguida. Ele e os acompanhantes’’, afirmou.

PALAVRA CHAVE