Ex-servidores de Camaragibe afirmam que não podem sacar auxílio de R$ 600 e denunciam prefeitura


Um grupo de ex-servidores da Prefeitura de Camaragibe, município da Região Metropolitana do Recife, afirmam que não podem sacar o auxílio de R$ 600, garantido pelo Governo Federal durante o período de pandemia do novo coronavírus, porque os nomes eles ainda estão vinculados a prefeitura. As denúncia dos ex-funcionários foi ao ar nesta sexta-feira (22), no programa Por Dentro Com Cardinot. O secretário de Administração de Camaragibe, Alex Norat, enviou um vídeo explicando o que está acontecendo com estes ex-servidores. Nota do Ministério da Cidadania Em nota, o Ministério da Cidadania explica que os dados diários, são informados anualmente pelos empregadores, sendo estes responsáveis legais pelas informações prestadas, tais como a ocupação, data de contratação e demissão as informações são prestadas de acordo com calendário estabelecido pela secretaria especial de previdência e trabalho do Ministério da Economia. No caso de informações incorretas declaradas na ráis ou no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o cidadão deve procurar a empresa ou órgão responsável pela prestação da informação e solicitar a retificação via sistema.

PALAVRA CHAVE