PF cobra explicações da Prefeitura do Recife sobre compras de equipamentos de proteção individual


A Polícia Federal (PF) pediu explicações à Prefeitura do Recife sobre as dispensas de licitações na compra milionária de equipamentos de proteção individual (EPIs) para combate ao novo coronavírus. O ofício da PF foi encaminhado ao secretário de saúde do Recife, Jailson Correia. No documento, a Polícia Federal solicita que a prefeitura apresente no prazo de 5 dias. Nota da Resposta A Secretaria de Saúde do Recife informa que não houve qualquer tipo de operação da Polícia Federal na sede da Prefeitura. A PF protocolou ofício, na manhã de hoje, solicitando informações sobre o combate à covid-19. Em relação às informações solicitadas pela Polícia Federal, a secretaria esclarece que os contratos de fornecimento de camas, máscaras, aventais e toucas com a empresa Delta Med cumprem toda legislação e que os preços praticados estão de acordo com o mercado. A empresa está fazendo as entregas conforme cronograma pactuado. As informações serão enviadas no prazo estabelecido no pedido de informações. Antes mesmo de receber o ofício, a Prefeitura já havia enviado desde abril, por decisão própria, os processos para o Tribunal de Contas do Estado, assim como está fazendo com todos os processos de aquisição da covid-19.

PALAVRA CHAVE