Respiradores comprados pelo Recife estavam sem uso há cerca de um mês


Os respiradores adquiridos pela Prefeitura do Recife estavam sem uso há cerca de um mês. A informação faz parte da investigação do Tribunal de Contas (TCE), que apurou irregularidades graves na compra de ventiladores pulmonares. De acordo com o documento emitido pela prefeitura, os equipamentos parados estavam sendo testados, já que não tinha homologação de funcionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

PALAVRA CHAVE