Protesto pela morte de Miguel, menino que caiu de prédio no Recife


A morte de Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, na última terça-feira (02), após cair do 9º andar do condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, conhecido como Torre Gêmeas, localizado no bairro de São José, área central do Recife, causou comoção nacional. Em busca de justiça, manifestantes se reuniram com os familiares da criança e fazem um protesto em frente ao local da tragédia.

PALAVRA CHAVE