Caso Miguel: Nova perícia é realizada em prédio no Recife onde morreu Miguel


Na manha desta segunda-feira (8), policiais civis fizeram uma nova perícia, no condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, conhecido como Torre Gêmeas, localizado no bairro de São José, área central do Recife, onde o menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, morreu após cair do 9º andar. De acordo com o perito que investiga o caso, a equipe formada por engenheiros civil e mecânico, além de um desenhista precisou desse novo trabalho para verificar o tempo em que o menino gastou para sair do elevador de serviço no 9º andar e chegar até onde ele caiu. Também segundo o perito, a investigação será pela escada do prédio local onde não há câmeras de segurança.