Caso Miguel: Uma semana da morte do garoto que caiu de prédio no Recife


Nesta terça-feira (9), completa uma semana da tragédia que resultou na morte do pequeno Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, após cair do 9º andar do condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, conhecido como Torre Gêmeas, localizado no bairro de São José, na área central do Recife, no último dia 02 de junho. A patroa da mãe do menino, Sarí Corte Real, que foi autuada em flagrante por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - por deixar a criança sozinha no elevador momentos antes do acidente, ainda não foi ouvida pela polícia.

PALAVRA CHAVE