Escolas particulares pretendem apresentar calendário de volta às aulas para Governo de Pernambuco


O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco (SINEPE-PE) não concordou com a prorrogação da suspensão das aulas presenciais até o dia 31 de julho por causa do novo coronavírus (covid-19), anunciada nessa terça-feira (30), pelo Governo do Estado. Com isso, os donos das instituições pretendem encaminhar ao estado uma proposta de calendário de retomada das aulas. O documento está em fase de conclusão e deve ser entregue ainda esta semana. A ideia do sindicato é antecipar a volta antes do prazo determinado.

PALAVRA CHAVE