Caso Miguel: Advogado criminalista explica o que muda com a conclusão do inquérito


Em entrevista ao programa O Povo na TV, o advogado criminalista José Luiz Galvão explicou o que muda com a conclusão do inquérito que investiga a morte do menino Miguel. Inicialmente, Sarí havia sido acusada de homicídio culposo, mas respondeu em liberdade ao pagar fiança de R$ 20 mil, estipulada pelo delegado do caso, Ramom Teixeira.

PALAVRA CHAVE