Sindicato das escolas privadas propõe volta das aulas presenciais em Pernambuco


A proposta do sindicato das escolas particulares de Pernambuco é que as aulas presenciais nas unidades privadas retornem no dia 21 de julho. De acordo com a apuração da repórter Margarida Azevedo, da Coluna Enem e Educação, do Jornal do Commercio, a sugestão é que as turmas começam com 50% dos alunos do 1º e o 9º ano do ensino fundamental, além das três séries do ensino médio. Os outros 50% dos estudantes ficariam em casa, com aula remota.

PALAVRA CHAVE