Mais de mil mortes poderiam ser evitadas se isolamento tivesse atingido alto índice, aponta pesquisa


Uma pesquisa aponta que, mais de mil mortes poderiam ter sido evitadas em Pernambuco se o isolamento social tivesse atingido o índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 70%. O resultado do estudo foi realizado entre os dias 1 de fevereiro e 18 de maio pelo Departamento de Economia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que fez uma mapeamento do grau de quarentena alcançado nos estados e a relação com o número de infectados e os óbitos causado pela pandemia do novo coronavírus.

PALAVRA CHAVE