Abandonada, obra do Complexo da Polícia Civil teve boa parte da estrutura roubada


O Complexo da Polícia Civil de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, deveria abrigar o Instituto de Criminalística, o Instituto de Medicina Legal (IML) e o Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), para auxiliar nas investigações de crimes na região. As obras começaram em 2011 e estão orçadas em mais de R$ 4 milhões.